jusbrasil.com.br
3 de Julho de 2022

Vício Oculto na Obra

Douglas Garcia, Advogado
Publicado por Douglas Garcia
há 5 meses

Como sabemos, após realizar o sonho da casa própria, muitas pessoas que compram um imóvel novo, na planta ou oriundo de empreitada, acabam tendo surpresas desagradáveis com o imóvel.

Neste caso, tanto a construtora/ incorporadora, quanto a seguradora (se houver) respondem pelos defeitos na construção do imóvel, ou pela má utilização dos materiais empregados.

Caso você possua condições de contratar um engenheiro e realizar um laudo ou ainda tirar fotos e vídeos e lavrar uma Ata Notarial, será uma excelente opção no que tange é possuir provas, antes de ingressar com ação para discutir as perdas e danos.

Também, em nome da boa fé, vale a tentativa de conciliar extrajudicialmente. Para isso, contrate um advogado especializado no assunto e procurem formalmente a outra parte, seja por meio de uma reunião ou por uma notificação extrajudicial.

Se houver perigo à vida de quem mora no imóvel, é possível conseguir a chamada “liminar”, tecnicamente conhecida como tutela (uma decisão proferida pelo Juiz no primeiro momento que ele tem contato com o processo), na qual poderá o Juiz determinar que o construtor ou seguradora efetue os reparos na edificação ou custeie o aluguel da pessoa em outro imóvel, enquanto durar o processo.

Importante destacar que, em se tratando de vícios nas áreas comuns de um condomínio, quem possui legitimidade para reclamar em Juízo é o Síndico, representante legal do condomínio.

Quanto ao prazo prescricional, Nos termos do art. 618 do Código Civil , nos contratos de empreitada de edifícios ou outras construções consideráveis, o empreiteiro de materiais e execução responderá, durante o prazo irredutível de cinco anos, pela solidez e segurança do trabalho, assim em razão dos materiais, como do solo.

Gostou desse artigo? Se você quiser, compartilha comigo nos comentários o que você achou sobre essas dicas acerca dos vícios na construção.

GARCIA ADVOCACIA E CONSULTORIA

Direito Imobiliário | Direito do Consumidor | Processo Civil

https://garciaadv.com.br/


Informações relacionadas

Giovanna Bellagamba, Advogado
Artigoshá 5 meses

Responsabilidade do condomínio por dano, furto ou roubo ocorrido nas suas dependências

Você é obrigado a vacinar seu filho contra Covid-19?

Lorena e Vinaud Advogados, Advogado
Artigoshá 5 meses

A cobrança de taxa de condomínio antes da entrega das chaves é ilegal

Mayara Silva, Advogado
Artigoshá 5 meses

Material Escolar – O Que Não Pode Ser Solicitado

Suzanna Borges de Macedo Zubko, Advogado
Artigoshá 6 anos

Vícios aparentes e ocultos no imóvel, a construtora responde?

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)